Conhecimento sobre acesso público à desfibrilação na cidade de São Paulo.

Área: Pré-Hospitalar

NILTON FREIRE DE ASSIS NETO

Isadora Simão Almeida Liberato
Ana Laura Salgado Mathey
Renan Gianotto Oliveira
Maria Margarita Gonzalez
Michelle Alle Lange

Introdução:O ritmo de parada cardíaca mais comum em ambiente extra-hospitalar é a fibrilação ventricular (FV). Para haver maior chance de sucesso no atendimento a vítima de FV, a desfibrilação deve ocorrer o mais precocemente possível. Nosso objetivo foi avaliar o conhecimento da população de São Paulo sobre acesso público à desfibrilação. Métodos: Foram aplicados 1180 questionários aos moradores da cidade de São Paulo com questões sobre acesso público à desfibrilação, durante os meses de Maio a Junho de 2014. Resultados: A média de idade dos participantes foi de 41 ±10 anos, 37,2% eram do sexo masculino, 48% tinham ensino superior completo e as profissões eram bastante variadas, contando, por exemplo, com professores, faxineiros, inspetores de alunos, estudantes de medicina, enfermeiros, advogados, médicos, etc. Em relação ao questionário: 579 (49%) sabiam o que era um desfibrilador externo automático (DEA); 396 (33,5%) conheciam a Lei Municipal de São Paulo que dispõe sobre a obrigatoriedade de DEA em locais onde concentre 1000 ou mais pessoas ou haja circulação média diária de 3000 ou mais pessoas; 1151 (98%) concordaram que essa Lei deveria ser estendida a nível nacional; 308 (26%) sabiam que o DEA poderia ser utilizado por um indivíduo leigo; 338 (28,6%) sabiam que no metrô de São Paulo existe um DEA em cada estação e os funcionários são treinados continuamente em ressuscitação cardiopulmonar e desfibrilação. Conclusão: Concluímos que a população da cidade de São Paulo e, muito provavelmente do Brasil, ainda possui grande desconhecimento sobre acesso público à desfibrilação. O Brasil precisa investir mais em programas de treinamentos para a população, sobretudo tendo em vista importantes eventos que já ocorreram como Copa do Mundo e outros que estão por vir como os Jogos Olímpicos.